Como agir com o outro?

Faça aos outros o que gostaria que fizessem a você. Ja ouviu isso ?

Talvez parte dos nossos erros estejam aí.

Pais que criam filhos do mesmo jeito,  mais tarde  se perguntam “por que um sai assim e outro totalmente diferente ?”.

As pessoas são diferentes e entender suas diferenças ajuda muito no trato.

Mudam as percepções, valores e jeito de reagir diante dos conflitos da vida. Mudam gostos, referências, preferências, carências, vontades e sonhos. Se é assim, por que devo fazer ao próximo o que gostaria que fizessem a mim ?

Se pais, maridos, esposas, amigos e colegas percebessem isso, teríamos menos conflitos no dia a dia.

Você conhece a pessoa que ama ? Sabe o que ela(e) gosta de verdade ou tenta molda-la a seu gosto, acreditando que do seu jeito é melhor ?

Isso também é egoismo.

Compreender as características de cada um, sabendo que ser diferente de você não implica necessariamente em um erro, é fundamental. Transferir essa compreensão para o trato, aproxima as pessoas, abaixa as guardas e desarma os ânimos.

Da próxima vez, aos invés de fazer o que gostaria que fizessem a você, procure olhar mais para o outro e saber o que ele precisa.

Aposto que será melhor para todos.

Felizes os que tentam.

Felizes aqueles que aprenderam a ser fracos.

Que não precisam se impor para conquistar nada porque sabem que, pela imposição não se conquista, mas amedronta.

Felizes aqueles que aprenderam a se desculpar.

Esses sabem que quando a palavra “me desculpe” vem carregada de sincero arrependimento, é possivel mover montanhas.

Felizes aqueles que procuram se alimentar do que é bom.

Se a boca fala sobre o que o coração está cheio, somos aquilo que nos alimenta, atrai, instiga e motiva. No fim das contas, todos os nossos passos tendem a seguir na direção daquilo que, antes nos conquistou, e depois se instalou na alma.

Felizes aqueles que buscam a sabedoria.

Por saberem que, mais do que inteligência, a sabedoria lhe dá capacidade de discernir as palavras, ler os olhares, interpretar o espirito das coisas.*

Felizes aqueles que não tem medo de errar.

É melhor errar tentando acertar do que ficar paralisado por medo.

Felizes aqueles que buscam aumentar suas percepções.

A vida passa por nossos sentidos com muito mais sutileza do que pensamos. Perceber seus movimentos, inverter os sentidos, olhar o que ninguém vê, muitas vezes, ajuda a enxergar o caminho.

Felizes aqueles que sabem que os excessos fazem mal.

Em tudo o equilibrio é mais adequado do que de menos ou de mais.

Felizes aqueles que sabem que o amor é graça.

Pois, se é graça, não há absolutamente nada que eu faça que aumente ou diminua o amor porque ele simplesmente é.

Felizes aqueles que vivem em cada dia seu próprio mal.

Sabendo que, por pior que as coisas sejam, nada supera a força que temos para suportá-la e superá-la.

Felizes aqueles que entenderam que o valor das coisas não está no tamanho, mas no que ela é.

Esses já sabem que o poder é relativo e que geralmente as pequenas coisas são mais valiosas.

Felizes aqueles que buscam o conhecimento ao invés do poder.

Se ja abriram mão de serem poderosos, conhecerão o verdadeiro poder.

A vida é feita de pequenas coisas e a melhor viajem é de dentro pra fora.

Se entender e praticar a vida assim é tão difícil, felizes os que, pelo menos, tentam.

 

* Leia sobre “o espirito das coisas” aqui no blog.

Quem é você ?

A cada dia o blog tem mais audiência. (é audiência que fala pra internet ?)

Acompanhando as estatísticas, vejo o gráfico subindo muito todos os meses, fora a quantidade de visitas durante o dia.

Isso só me estimula e, não sei se você percebeu, mas tenho tentado manter os posts em dia com atualizações diárias.

No entanto, percebo que a maioria não usa opção “Comentários” que fica embaixo, depois de cada texto.

Gostaria de saber melhor quem tem vindo aqui.

Portanto, se puder, comente aqui embaixo me dizendo quem é você e como chegou aqui, pode ser ?

Além de ser uma oportunidade para que os visitantes se conheçam, será bom pra eu saber melhor pra quem tenho me dedicado diariamente.

Vai colocar agora ?

Valeu!!

Porque não tentar?

É impressinoante a dificuldade que temos de mudar rotas claramente ruins.

Ás vezes insistimos em caminhar pela mesma estrada, mesmo sabendo que nos levará por caminhos indesejados.

Tendemos a deixar que a vida nos leve de qualquer jeito, sem nos lembrarmos que quase sempre temos escolha.

Coragem e ousadia são ingredientes fundamentais.

Desde que me mudei para Porto Alegre, tenho recebido muitos e-mails de gente dizendo ” que coragem” , afinal de contas, deixei em SP dois convites de trabalho : um na Jovem Pan e outro na TV Record, pra me mudar para um estado desconhecido por mim e sem nenhum contato profissional.

No meu caso, tava claro que era a hora certa.

É claro que nem sempre é fácil deixar trabalho e pessoas que gosto lá longe mas, essa é minha vida, vivo no dia chamado hoje e é só hoje que eu tenho para mudar.

Se você pudesse mudar qualquer coisa em sua vida, o que mudaria ?

Se fosse possível mexer em determinadas estruturas e se desvencilhar de certos padrões, como seria ?

Qual o seu sonho ?

Pois a notícia que eu tenho para te dar é que você pode.

Pense em quem você quer ser e corra atrás.

Nem sempre é fácil, você poderá ser incomprendido mas, acredite; vale a pena.

Esqueça as desculpas que usa pra si mesmo, o que os outros vão pensar, as possíveis dificuldades e saiba que elas sempre vão existir; principalmente se você se acomodar.

Tenha pânico do comodisto. Produza, mesmo que inicialmente sua produção não lhe reverta frutos palpáveis mas, caminhe !

A vida não para e os que não andam sempre se machucam.

Quem você quer ser ?

Quem existe aí dentro que ninguem conhece ?

Vá em busca de si mesmo, rompa com as barreiras emocionais e aceite o desafio que é estar vivo.

Agora só é preciso o primeiro passo. Os outros, são consequencia.

Porque não tentar ?

Pra quem não viu.(Video)

Esse video foi feito no começo da rádio Sul América trânsito. Depois que saí de lá, me disseram que essa idéia foi o que moveu os criadores da rádio a pensarem em fazer uma rádio transito.

Na Transamérica fiz o que você vai ver no video. Eu no helicóptero, a Gislaine Martins no estúdio e a interatividade era grande.

Esse video mostra o piloto do que era pra ser na rádio Sul America transito, na capital de São Paulo.

Eu já tinha colocado o link, mas não o video aqui no blog.