Liberdade de escolha ! Consuma menos…

Anúncios

A informação e a realidade

Não sou de assitir TV.  Prefiro um livro, uma música, um tempo em silêncio.

Aliás, sinto que somos cada vez mais avessos ao silêncio. Vivemos mergulhados nos ruidos. São vozes que saem de todos os cantos, induzindo, vendendo, arregimentando a multidão que cresce em adeptos da pseudo cultura da informação.

Ontem a noite resolvi assistir um pouco de Globo News. Violência no Rio, agressão na Paulista, médico preso por estupro e assim por diante.  Desliguei em poucos minutos pensando nas milhares de pessoas que, sentadas em suas salas, se alimentam desse tipo de informação.

“Mas é a realidade”- argumentam alguns. Sim, em parte. Mas o que geralmente se faz é transformar a “realidade” em pauta, e depois aquilo vira show que vende anuncios em revistas, TVs, rádios, jornais e movimenta um camnhão de dinheiro. Quanto mais show melhor. Quanto mais entretenimento aquilo virar, mais dinheiro trará.

O medo hipnotiza e a sensação de que “devo conhecer a realidade” deixa um monte de gente grudada no sofá, olhos atentos e coração a mil , absorvendo aquela “realidade” da TV.

Realidade é o que você constrói. Nada é mais real do que aquilo que você se propõe a ser.

Quem enche sua mente do mal, fará isso com seu coração. Quem olha para o mal a partir do bem que se instalou no coração, saberá o que fazer. Percebe ?

Mas isso só fica claro no silêncio. Não me refiro necessáriamente ao ambiente externo, mas principalmente aquele que habita as mentes e corações. Aquele que se aquieta consegue ouvir a própria consciencia. Quem não se expõe aos ruidos diarios, aprende a se reconhecer e entende que, ainda que a “realidade” seja dificil, tudo muda quando mudo o olhar.

É uma decisão, um passo, um caminhar de quem não se deixa levar pelo fluxo da “informação” que só entrete e amedronta e, no fim das contas, dificulta o olhar para o que de fato é real e, antes das favelas do Rio, agressões em SP ou o que quer que seja noticia, mora dentro de mim.

Pense nisso.

Inspire-se

A gente vive olhando para o chão.

Ninguém se atreve a escutar a voz que vem do lado, muito menos  o que não se parece com o que gostamos de ouvir.  Criamos esteriótipos, enxergamos a partir de categorias onde é mais fácil deixar cada um em sua própria prateleira, fixos, discerniveis, inofensivos.

A vida obrigatoriamente deve ser previsível. Assim ninguém reclama, ninguem rebela, ninguem enxerga.

Até que vem a inspiração. É quando alguem muda o olhar e ousa. Faz o que não pode, pensa diferente, caminha até a beirada e chega a margem.

Esses nem sempre são bem compreendidos, mas é assim que a diferença se estabelece.

Por isso gostei da campanha da Brastemp, inclusive uma delas usa o rádio como fator de possibilidades de transformação. Em tempos de rádio tão sem pensar, monótono, mal feito, cheio de gente pequenininha tentando parecer grande, fica até estranho pensar que nosso amado veículo ainda pode tanto.

“Inverta sua mente, para ver”.

Assista e inspire-se:

Bem Brasil de volta.(Leia e depois ouça)

Há quase dois anos sonhei que estava apresentando um programa de rádio. Tinha nome, vinheta, e formato próprio. Chamava-se “Bem Brasil” e, nele, além de tocar musicas nacionais, eu falava muito sobre assuntos que hoje (e na época também) trato aqui no blog : Espiritualidade, educação, auto conhecimento, política, fé, sempre sob a perspectiva da consciência humana.

Ainda me recordo que naquela manhã a primeira coisa que fiz ao acordar foi registrar o sonho em um bloco de anotações e esperar o momento em que se tornaria real.

Não demorou muito.  Antes que o primeiro mês passasse, encomendei as vinhetas na produtora do meu amigo Gabriel Passajou e guardei na expectativa de, em breve, começar o “Bem Brasil” .

O passo seguinte foi uma conversa com meu amigo Francisco Violante, diretor da rádio Sines de Portugal, leitor de minhas colunas sobre rádio no site Tudo Radio, que achou uma boa idéia acolher o programa em sua rádio.

Já passou um ano e meio e o Bem Brasil está firme e forte para toda Portugal pela rádio Sines e todo o mundo pelo site (www.radiosines.com)

Agora ele entra em nova fase. Além das músicas nacionais, o Bem Brasil conta com colunistas fixos como Anderson Cavalcante ( empresário, palestrante, autor do best seller “O que realmente importa?”), Irineu Toledo ( radialista, empresário, palestrante) e outros que em breve virão.

Eles entraram no clima e aceitaram falar sobre assuntos que acho cruciais para o programa, a saber: os mesmos que sempe tratei, seja aqui, livros, colunas ou programa.

Gostaria muito que você ouvisse com tempo, atenção e se beneficiasse do bem que agregamos ao programa. Sei que essa é a razão da existência dele: Fazer bem, expandir consciências, despertar percepções, abrir novos olhares para a vida, mas isso de maneira simples, despretensiosa e coloquial.

Se quiser, você pode fazer o download completamente de graça, sem a necessidade de qualquer tipo de cadastro ,  fácil, para depois ouvir no carro, na caminhada, onde preferir.

Faça isso, depois me conta.

O endereço é o seguinte: http://flaviosiqueira.podomatic.com/

O programa desta semana já está atualizado e será assim semanalmente.

Quem gosta do blog, vai gostar do programa.

Até lá !