De repente tudo pode mudar

Me lembrei de como as coisas podem mudar de repente.

Foi em 2011. Eu vivia uma fase profissional difícil, um monte de coisas acontecendo, longe de casa, uma série de mal entendidos e nenhuma vontade de estar lá. Cheguei logo pela manhã, fiz o que eu tinha que fazer e desci para tomar café na lanchonete da rua.

Pensava em como me desvencilhar daquilo, em como ir embora, pensava, pensava, pensava muito enquanto uma TV ao lado reproduzia uma série de vídeo clipes. Não sei exatamente porque um deles me chamou atenção. Não falava nada em especial a não ser um título expressivo “Uncharted” (inexplorado) com imagens simples, criativas, cheias de gente com caras e atitudes de gente.

Por alguns minutos parei de pensar e fiquei prestando atenção enquanto uma tonelada de peso cedia espaço à esperança, uma inexplicável esperança de que tudo se encaixaria, que as coisas se encaminhariam se eu parasse de me angustiar, se eu simplesmente me aquietasse.

Não houve nada especial, ninguém me disse nada, foi só um momento, uma música que tocava na lanchonete, um inesperado despertar que fez completa diferença para que eu realmente mudasse minha atitude e, a partir daquele momento, iniciasse um tempo novo que me trouxe muitas coisas boas.

Agora estou aqui no finzinho da madrugada preparando a minha rádio que está para entrar no ar e, por “co-incidência” a tal musica está tocando. Impossível não lembrar daquela manhã tão sem nada para contar, sem nenhum grande acontecimento, sem uma linda história de superação, e, talvez por isso mesmo, suficiente para que na sutileza daquele momento me dissesse tantas coisas que eu precisava me lembrar. Só ouvi quando parei de pensar, pensar, pensar e me aquietei.

Meu texto de hoje é simples como aquela manhã de segunda feira. Simples como todos os dias devem ser.

Não quero alimentar nenhum tipo de pretensão filosófica, nem sustentar argumentos infalíveis, não é isso. Hoje, tudo o que eu quero é lembrar para mim e para você que, se não fosse nossa distração, perceberíamos mais.

Se não estivéssemos tão focados em nosso ego, tão preocupados com nossos desejos, tão fixados em ilusões, tão presos ao passado, ao futuro, tão distantes do presente, se simplesmente estivéssemos atentos ao universo, ao maravilhoso universo de vozes, movimentos, encaixes, sutilezas que nos apontam o caminho, estaríamos muito mais descansados e confiantes.

Andaríamos em paz independentemente dos cenários, certos de que o mundo de fora sempre responde ao mundo de dentro. Não é a angustia que produz paz, nem a inquietude geradora de descanso. É o contrário. É um coração em paz, uma mente tranquila, o caminhar consciente que aplaina o caminho e interfere no cenário turbulento. De dentro para fora, sempre.

Tenho aprendido com o tempo, com as experiências, com a persistência dos acontecimentos contraditórios tantas vezes, como esse momento contigo, como a chuvinha que cai agora no início da manhã, como o som da gaita que ouço aqui na rádio, como um sentimento de paz independente de tudo, como o privilégio de poder ser mensageiro da chuva, do vento, da música, das vozes incessantes e sutis que nos sussurram o tempo todo com eloquência, nos preenchendo de graça, de vida, de Deus, que nos habita. Acredite, tudo vai ficar bem. Já está. Bom dia pra você! Fique bem.

Anúncios

10 comentários em “De repente tudo pode mudar

  1. E aqui estou eu nesse começo de manhã, depois de uma longa noite SEM sono, divagando entre passado e futuro eprincipalmente o que não deu certo, sendo surpreendida pelo seu post, essa música silenciosa tocando no ciber espaço e que me diz com tranquilidade: “paz no coração, porque tudo ficará bem!”

  2. Que maravilhosa reflexão para o inicio dessa manha Flavio. Obrigada,boa semana meu amigo e boa sorte com tua radio.

  3. Bom dia Flávio e a todos que te acompanham!
    Também acredito que a cada dia que amanhace nos é apresentado sempre novos motivos para estarmos felizes e com mais anceios em vivermos felizes, em paz. Prestemos atenção aos pequenos detalhes no nosso dia a dia e veremos que não precisamos de muito para vivermos bem, felizes e em PAZ! Um beissímo dia e uma maravilhosa semana para todos!

  4. Flávio,
    Descobri você hoje através de um vídeo que foi compartilhado, aonde você mostra o ciclo da vida, como a vida passa é a gente não percebe direito e vamos nos transformando.
    Vi teu blog no final do vídeo e acessei pra ver se encontrava outros artigos tão bacanas como aquele.
    Lí alguns e gostei muito.
    Acho que escrever assim é realmente um dom, uma dádiva.
    Me fez muito bem lê-los.
    Parabéns pelos artigos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s