Tenha um dia de paz

Pense comigo. Você está bem, vivendo seu dia em paz. O telefone toca e a notícia de que algum amigo querido faleceu há seis meses, mas só agora puderam lhe avisar. Seu choro, seu luto, sua dor virão na mesma intensidade que viriam se ele tivesse acabado de morrer.

A morte aconteceu há seis meses e nada tinha mudado para você, tudo normal, a vida caminhando bem até que a informação da morte determinou que naquele momento, seis meses depois, o amigo tinha morrido. Para você ele acabou de morrer. Tudo ficou escuro de repente. Agora, responda com isenção: O que causou seu sofrimento: a morte ou a informação?

Tudo depende de como encaramos os acontecimentos e, sobretudo, como projetamos significado no que acontece. Não são as pessoas, nem os acontecimentos, nem as perdas, nem mesmo a morte que nos faz mal.

Não são necessariamente os maus tratos, as grosserias ou armadilhas que colocam em nosso caminho. Sei que dói, somos humanos, não estou dizendo que é fácil, mas, repare: pessoas diferentes reagem de maneiras completamente diferentes a acontecimentos iguais; males coletivos despertam reações únicas e individuais conforme cada um vive sua própria experiência.

Uns sofrem mais, outros menos, outras não sofrem, uns crescem, outros retrocedem, uns veem lições, outros apenas tragédias.

Ninguém tem o poder de lhe afetar, nada pode lhe fazer mal, nenhum acontecimento lhe tocará a não ser que você conceda. Não são os fatos, é você. Pense nisso e tenha um dia de paz.

Anúncios

4 comentários em “Tenha um dia de paz

  1. Ola Flavio ..BOM DIA !! de fato.. somos ”modeladores” de nossa realidade.. pois somos em VERDADE os Divnos Criadores…Quando esta Consciencia se faz em nos o Melhor da Vida acontece em nossas vidas!! bjs e excelente fds!!

  2. Bom dia Flávio, o desafio que considero relevante é ter uma constância de paz no viver. Pois para tomar decisões como mudar de emprego ou resolver questões de um relacionamento precisa-se de tempo, mas nas pequenas questões do dia-a-dia requer decisões rápidas e conscientes e para ter PAZ a todo instante … acho que ainda não cheguei lá.. estou engatinhando.

  3. Oi Ana Guerra! tudo bom? … nós somos em Verdade os Divinos Criadores…. menos … menos… em VERDADE não passamos de descendentes de primatas que nem sequer evoluíram e sim eram descendentes com anomalias de primatas normais e que por essa e em virtude dessa anomalia não conseguiram andar de quatro( pois estes quando bebês ao invés de engatinhar como os humanos ,agem como ursos, depois andampor volta de 8 meses e pouquíssimas semanas depois por fim caminham de quatro , e ao longo dos milênios. portanto por anomalia nos tornamos bípedes e suplantamos nossos progenitores ancestrais e ainda convivemos com eles, nós divinos criadores e eles bichos de zoo!!!

    Que tal esta consciência? nós fará melhor?

    beijos e que o amor transborde em nós.
    Mp

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s