Pausas

Faça pausas no seu dia. Sim, pequenas pausas, segundos, que seja, mas pare. Pausas para respirar, para prestar atenção, para flagrar onde estava sua mente. Não seja tão cruel contigo, não se entregue com tanta facilidade aos fluxos da “produtividade”, das intermináveis correrias, das desconfortáveis “muvucas”. Dê a si mesmo esse presente, tão singelo, mas tão poderoso: Faça pausas, pequenas pausas no seu dia, pausas mínimas, não tem problema, mas permita que sua mente saia do fluxo de condicionamentos e se acomode em espaços de liberdade.

Anúncios

Um comentário em “Pausas

  1. … sabe que eu não pauso nunca, nem quando durmo, costumo dizer que o dormir é minha segunda jornada … sonho demais…

    Além de super ativa ( digo super, porque não tenho diagnóstico de “hiper ativa”) e de saber como meditar assim na hora que eu quiser, fazendo atividade que for, não uso desse recurso … me esqueço … e a minha pausa é trocar de atividade, eu abro mil frentes ao mesmo tempo, e, vou intercambiando as atividades, me esqueço de mim, aliás penso que meu problema é esse, eu vivo atrás de mim mesma, fujo de mim mesma…
    tenha um bom dia!

    Mp

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s