Sentido na dor

As pessoas convivem com suas escolhas e sofrem interferências de escolhas alheias, mas considero equivocado tentar anexar juízo ao tentar interpretar uma história que não cabe na sua. Quantas vezes, na tentativa de explicar determinada “fatalidade”, desconsideramos que jamais entenderemos a razão de possíveis contradições simplesmente porque elas não se aplicam em nossa realidade.
Cada humano é um mundo e só ele poderá dar significado ao que lhe acontece, seja a criança que nasceu doente ou a sã. Seja o pobre ou o rico. Seja o que sofre ou o que gargalha.
Aquele que aparentemente convive com ótimas oportunidades ou a pessoa que nunca entrou em uma escola. O que tem “sorte” ou o que vive cheio de “azar”. Olhar para eles e tentar interpretar cada contradição a partir de você é completamente diferente de saber que cada contradição só passa a fazer sentido a partir do olhar de seus protagonistas. São os donos das histórias com significados absolutamente pessoais.
Esses, mesmo que não vejam, estão diante da contradição que carrega em si inúmeras possibilidades únicas e específicas. Chances de enxergar-se, de encontrar sentido na própria dor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s