A “vontade de Deus” ?

Alguém me perguntou mais ou menos assim “como saber a vontade de Deus pra mim?”

– Tudo o que vivemos é carregado por possibilidades. Todas as experiências, todas elas. Não creio que há especificamente uma que seja A VONTADE de Deus, mas , se for pra falarmos nesse termo, penso que a vontade de Deus se vincule bem mais ao que aprendo com minhas experiências, os significados que desenvolvo, sejam elas quais forem, do que especificamente com um determinado caminho que devo tomar. O caminho é aprender a amar, é um só, as estradas são muitas e sou eu quem escolho (a partir do que sou) por qual irei. Acho que tudo tem muito mais a ver com possibilidades e escolhas do que com determinismo, seja lá de quem for.

Anúncios

4 comentários em “A “vontade de Deus” ?

  1. Bem, Flávio Siqueira e Vagalumes, a Gente coloca o Significado da Palavra “Deus” em coisas tão Fragmentadas em Nossas Vidas, em palavras mortas, em Pessoas que a Gente Eleva como Santos, Mestres, Ungidos do Senhor, etc e tal, Fazendo com que Todos Nós Sejamos Manipulados pela Massa Condicionada à Não Enxergar à Si Mesmo. Deus está na Simplicidade do Nosso Dia a Dia, em Nossa Paz Interior, na Independência que Temos para Não Cairmos no Fluxo Deprimente da Maioria e Sermos Mais Felizes em Nossas Imperfeições. Não Somos Massa, Somos Indivíduos que Constrói o Seu Próprio Mundo e Gera Amor e Paz Dentro e Fora de Nós. Abraço pra Você, Flávio Siqueira e Vagalumes, Fiquemos Muito Bem Neste Caminhar 😀 ❤ 😀

  2. Concordo plenamente. Hoje, com o advento da física quântica, podemos perceber que a realidade não é tão determinística como supunha a física clássica. Há em todo parte onde de probabilidades espalhadas. Ou seja, cada indivíduo é uma probabilidade de uma experiência. Fica complicado para nós, com nossa tão limitada percepção do todo, afirmar algo sobre a vontade de um ser que, talvez, esteja em um paradigma tão diferente. Só podemos supor, mas devemos, sim, agir a todo instante e manifestar essa que faz parte da comunicação universal que é o Amor.

  3. Olá Flavio, algumas vezes já me senti desanimado, me perguntando o que de fato é real já que vivemos grande parte do tempo na ilusão da Matrix desse sistema padronizado, só que a Matrix vai muito além do que sabemos ou pensamos saber.
    Vejo como as pessoas agem, e elas acham tudo isso normal, uma realidade inquestionável, já acompanho o seu trabalho faz tempo, e posso garantir que diminuiu uma angustia muito grande que eu tinha por respostas, percebi que existem milhões de respostas possíveis e nenhuma delas é capaz de me dar um real sentido para a vida….
    Não sei se você vai ler isso, ficaria feliz se você o fizesse…
    Confesso estar perdido na “caverna de Platão” …
    Sempre estive em buscas por respostas que saciasse a angustia por respostas, encontrei coisas ruins nessa busca por respostas mas também encontrei coisas boas, descobri que existem centenas de pessoas que pensam de forma muito parecida com a minha, e isso me ajudou muito..
    Não sei se esse texto ficou coerente mas quero que esse texto seja escrito de forma natural e não superficial, desejo tudo de bom, fique em paz…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s