Quem tem razão?

Você não entende o que eu penso e sua verdade não tem nada a ver com a minha. Somos antagônicos em quase tudo e seu jeito de pensar me causa repulsa. Então desisto de olhar os discursos, me canso dos debates, da irritação, das tentativas de convencimento. Estranhamente substituo a imagem do oponente pela imagem de um humano parecido comigo, mas que se expressa de outro jeito. Ainda não concordo com muito do que você diz, mas que diferença faz? Sua verdade mais profunda superou o verniz das ideias e conectou-se à minha, conectou-se à mim. Agora estamos em movimento e nossas verdades, fragmentos, se amplificaram. Do que vale discutir quem tem razão se agora temos consciência do que importa?

Anúncios

2 comentários em “Quem tem razão?

  1. Quem tem razão?

    Todos e ao mesmo tempo ninguém. Todos quando nos permitimos ver perante ao contexto idealizante e ninguém quando nos posicionamos em nosso ser, em nossas particularidades. Outrora ainda ninguém e apenas eu, ninguém pelo fato de inviável ser entender em sua totalidade o facto apresentado por via inerentes ao ser, ser este que não sou eu, logo com validações e vias significativas peculiares. Então é relativo, é e não é, e quando se faz limita-se a conjuntura visioacional interpretada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s