A felicidade é egoísta

Agora há pouco, lendo Saramago, esse texto me tocou: “Não gosto de falar de felicidade, mas de harmonia: Viver em harmonia com nossa consciência, com nosso entorno, com a pessoa que queremos bem, com os amigos. A harmonia é compatível com a indignação e a luta; a felicidade não, a felicidade é egoísta.” Eu acrescentaria que a busca pela felicidade tende a nos isolar porque a felicidade não pode ser um fim, mas um caminho. Enquanto caminho passo por ela e nem percebo. Se a persigo, ela é mais rápida do que eu e foge. Eu só caminho e tento não andar tão distraído.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s